Em apoio ao comércio de Itagimirim


Unsplashed background img 1


Pensando na situação que estamos enfrentando com a pandemia do COVID-19, a Prefeitura de Itagimirim lançou o "Catálogo On-line", uma ferramenta totalmente gratuita para que os microempreendedores da cidade divulguem o seu negócio na internet. É GRÁTIS.
Faça parte desses 58 empreendedores, formais e informais, que já se uniram em prol dessa corrente do bem. Ver todas
Unsplashed background img 2

CATEGORIAS

Dar preferência e comprar no comércio local é bom para a cidade
Unsplashed background img 2

DICAS IMPORTANTES

1. Dê preferência ao comércio local

As pequenas empresas são as mais afetadas durante uma crise econômica por não ter capital e investidores para continuar as suas atividades. Durante a crise gerada pelo coronavírus, dê preferência a comprar em redes locais de supermercados e comércios do seu bairro. Dessa forma, você apoia o comércio local a manter as suas atividades e a manter empregos que geram o sustento de famílias locais.

2. Peça uma comida por delivery

O setor de gastronomia foi impactado com as medidas adotadas para diminuir a transmissão da Covid-19. Diversos restaurantes estão temporariamente com as suas portas fechadas para receberem clientes, no entanto continuam a fazer comida e enviar por meio de delivery. Apoie os restaurantes locais através de pedidos de delivery de sua cidade. Aplicativos como Uber eats e I-food são uma ótima opção no momento.

3. Faça compras online

Apesar dos comércios não-essenciais estarem temporariamente fechados, ainda é possível fazer compras através da internet. Faça compras onlines e encomendas através dos sites das empresas que possuem a opção de envio pelos correios. Além de ser cômodo fazer compras onlines, é uma forma mais segura de adquirir produtos no momento.

4. Compartilhe e curta empresas que você apoia

Utilize as redes sociais para compartilhar a página dos comércios locais e microempreendedores. Divulgar empresas que você teve uma boa experiência é importante para que ela consiga alcançar mais consumidores. Não deixe de seguir a empresa em sua rede social e curtir as suas postagens para ajudá-la a se manter ativa.

5. Deixe uma avaliação em sua página

Embora alguns consumidores tenham o costume de deixar uma avaliação na página da empresa ou no Google, a maior parte dos consumidores apenas escrevem uma review quando passam por uma experiência ruim. Uma boa forma de apoiar o comércio local é deixar avaliações positivas das empresas que você aprovou para que outras pessoas confiem em seus serviços e/ou produtos.

6. Continue pagando a mensalidade, se possível

A restrição imposta de atividades permitidas durante o período de quarentena no país afetou negativamente aulas presenciais, por exemplo. As suas atividades permanecem suspensas presencialmente por período ainda não determinado, o que faz com que alguns clientes peçam pelo cancelamento da matrícula.

Caso você não tenha perdido o seu emprego e sofrido um corte significativo do seu salário, nós recomendamos que você mantenha a sua matrícula e continue pagando a mensalidade. Posteriormente, a empresa poderá te beneficiar com concessões, aulas extras, etc. O mais importante é que consigam o apoio durante a fase de perda de receita.

7. Compre voucher para ser usado futuramente

Voucher são um recibo que comprovam que você pagou de forma aditada para um serviço que será prestado posteriormente. Em meio da crise, muitas atividades não podem ser exercitadas em seu estabelecimento, mas você pode sugerir a compra de voucher no comércio local e presentear pessoas queridas com ele. Assim, quando a fase de isolamento social, a pessoa poderá desfrutar do serviço pago.

8. Seja mais generoso com a gorjeta

No delivery, por exemplo, é possível dar uma gorjeta além do valor estabelecido no site ou aplicativo. Os trabalhadores autônomos estão também sendo afetados negativamente durante esse período de quarentena. Se possível, dê gorjeta maiores do que o normal para que esses profissionais continuem a exercer as suas atividades e consigam manter a sua família.

9. Evite pedir o reembolso, se possível

O reembolso pode ser pedido pelo cliente quando o serviço ou produto não cumpre com as condições em que foi comprado. No meio da crise, consumidores podem pedir o reembolso das atividades que não vão poder usufruir por conta da pandemia. No entanto, o reembolso pode significar uma perda drástica de receita em comércios locais, podendo gerar um saldo negativo e até mesmo falência.

Se possível, caso esteja com condições financeiras, entre em contato com a empresa e faça um acordo usufruir do valor pago futuramente ao invés de ter o dinheiro devolvido.

10. Compartilhe a importância do comércio local

Por último, mas não menos importante, converse com os seus familiares e amigos sobre a importância de apoiar o comércio local e pequenas empresas durante um momento de crise econômica. A consciência do que significa ser um cidadão e da importância da nossa comunidade pode fazer diferença na economia e manutenção de empregos.

Por Mariana Braga Dias | financer.com